A equipe de enfermagem militar como instrutores em saúde operacional

Débora Fernanda Haberland

Resumo

Atualmente o profissional de enfermagem tem função ativa no Atendimento Pré Hospitalar. Na Força Aérea Brasileira estes profissionais compõe a equipe multidisciplinar no atendimento assistencial, bem como, tem importante função como agente educador, durante as instruções como no Curso de Adaptação em Saúde Ocupacional, ministrado anualmente aos novos Oficiais de saúde durante o curso de formação. Objetivo: Descrever a atuação da equipe de enfermagem, como instrutores em Saúde Operacional e contribuir com a formação multiprofissional na área de Atendimento Pré Hospitalar. Método: Relato de experiência. Resultados: Constatou-se que a atuação da enfermagem como componente de uma equipe multidisciplinar possibilita ampliação de conhecimento dos instrutores através das atividades práticas simuladas. Conclusão: Demonstrou-se que a atuação do profissional de enfermagem, contribuiu para melhor interação em equipe e ainda com a familiarização dos alunos no curso, fatores estes que contribuem com qualidade e segurança do cuidado prestado e ampliação do espaço de atuação.

Descritores: Enfermagem, Saúde Militar, Ensino, Emergências em Desastres.

 

The military nursing staff as operational health instructors

Abstract: Currently, the nursing professional has an active role in Pre-Hospital Care. In the context of the Brazilian Air Force, such professionals make up the multidisciplinary team in assistance, as well as having an important role as educational agents, during instructions like in the Occupational Health Adaptation Course, given annually to new health officers during the formation course. Objective: To describe the nursing performance in the multidisciplinary staff during the instruction of the Adaptation Course in Operational Health. Method: Experience report. Results: It was found that the performance of nursing as a component of a multidisciplinary staff enables the expansion of knowledge of instructors through simulated practical activities. Conclusion: It has been shown that the performance of the nursing professional contributed to a better team interaction and also to get the students familiarized in the course, factors which contribute to the quality and safety of the care provided and the expansion of the performance space.

Descriptors: Nursing, Military Health, Teaching, Disaster Emergencies.

 

El equipo militar de enfermería como instructores operacionales de salud

Resumen: Actualmente, el profesional de enfermería tiene un papel activo en la atención prehospitalaria. En la Fuerza Aérea Brasileña, estos profesionales conforman el equipo multidisciplinario de asistencia, además de tener un papel importante como agente educativo, durante las instrucciones como en el Curso de Adaptación en Salud Ocupacional, que se imparte anualmente a los nuevos oficiales de salud durante el curso de capacitación. Objetivo: describir el desempeño del equipo de enfermería como instructores en salud operativa y contribuir a la capacitación multiprofesional en el área de atención prehospitalaria. Método: informe de experiencia. Resultados: Se encontró que el desempeño de la enfermería como componente de un equipo multidisciplinario permite la expansión del conocimiento de los instructores a través de actividades prácticas simuladas. Conclusión: se demostró que el desempeño del profesional de enfermería contribuyó a una mejor interacción del equipo y también a familiarizar a los estudiantes en el curso, factores que contribuyen a la calidad y seguridad de la atención brindada y la expansión del espacio de desempeño.

Descriptores: Enfermería, Salud Militar, Enseñanza, Emergencias de Desastres.

Texto completo:

PDF

Referências

Ribeiro KP. O enfermeiro no serviço de atendimento ao politraumatizado. In: Freire E. Trauma: a doença dos séculos. São Paulo: Atheneu. 2001; 1:499-508.

Lima LV, Morais TE, Nogueira MS. O conhecimento da enfermagem acerca do protocolo de reanimação cardiopulmonar. São Paulo: Rev Recien. 2020; 10(29):64-74.

Thomaz RR, Lima FV. Atuação do enfermeiro no atendimento pré-hospitalar na cidade de São Paulo. São Paulo: Acta Paul Enferm. 2000; 13(3):59-65.

Alcantara LM, Leite JL, Erdmann AL, Trevizan MA, Dantas CC. Enfermagem operativa: uma nova perspectiva para o cuidado em situações de "crash". Ribeirão Preto: Rev Latino Am Enferm. 2005; 13(3):322-331.

Azevedo TMVE. Atendimento pré-hospitalar na Prefeitura do Município de São Paulo: análise do processo de capacitação das equipes multiprofissionais fundamentada na promoção da saúde [dissertação]. São Paulo: Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo. 2002.

Maia LFS. Multidisciplinar: Os Desafios para o Crescimento Profissional. São Paulo: Rev Recien. 2011; 1(1):7-14.

Gentil RC, Ramos LH, Whitaker IY. Capacitação de enfermeiros em atendimento pré-hospitalar. Ribeirão Preto: Revista Rev Latino Am Enferm. 2008; 16(2):192-7.

Backes VMS, Lino MM, Prado ML, Reibnitz KS, Canaver BP. Competência dos enfermeiros na atuação como educador em saúde. Brasília: Rev Bras Enferm. 2008; 61(6):858-865.

Reis MCF, Vasconcellos DRL, Saiki J; Gentil RC. Os efeitos da fisiologia aérea na assistência de enfermagem ao paciente aerorremovido e na tripulação médica. São Paulo: Rev Acta Paul Enferm. 2000; 13(2):16-25.

Ferreira Júnior MA. A formação para a docência do profissional enfermeiro na visão dos professores. [dissertação]. Campo Grande (MS): Universidade Católica Dom Bosco. 2006.

Medeiros ESM, Prestes DRM, Pignata EKAA, Furtado RMS. Perfil do enfermeiro docente e sua percepção sobre a formação pedagógica. São Paulo: Rev Recien. 2018; 8(24):42-53.


Visualizações do PDF:

37 views


Visualizações do Resumo:

557 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud