Cultura de segurança do paciente em uma unidade hospitalar de hemodiálise

Roberta Santos Correia Silva, Isabel Comassetto, Wanda Tenório Barros Passos Alves, Amauri dos Santos Araujo, Jéssica Soares dos Anjos Barboza, Natália Colatino Veiga Melo

Resumo

Analisar a cultura de segurança do paciente dos profissionais no serviço de hemodiálise. Estudo quantitativo, descritivo-exploratório, realizado em um hospital de ensino em 2019. Dados coletados através do questionário Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC) para 32 profissionais, disponibilizado por email e impresso. Os resultados apontaram melhores avaliações nas dimensões: Trabalho em equipe e Aprendizagem organizacional e melhoria contínua. Os aspectos com piores avaliações foram: Transferências internas e passagem de plantão e Percepção geral da segurança do paciente. Com relação à avaliação do grau de segurança do paciente 9,4% considera excelente, 56,2% muito boa e 34,4% regular. A realização de notificações de eventos adversos não está presente no cotidiano dos profissionais desta unidade. Este estudo mostrou uma cultura de segurança com potencial de melhorias em quase todas as dimensões, configurando-se assim um desafio para o gerenciamento de riscos, com vistas a um desenvolvimento da segurança do paciente neste serviço.

Descritores: Segurança do Paciente, Unidades Hospitalares de Hemodiálise, Equipe Multiprofissional.

 

Culture of patient safety in a hemodialysis hospital unit

Abstract: Analyze the culture of patient safety of professionals in the hemodialysis service. The quantitative, descriptive-exploratory study, carried out in a teaching hospital in 2019. Data collected through the Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC) questionnaire for 32 professionals, available by email and in print. The results showed better evaluations in the dimensions: teamwork and organizational learning and continuous improvement. The aspects with the worst evaluations were: internal transfers and shift change and general perception of patient safety. Regarding the assessment of the patient's degree of safety, 9.4% consider it excellent, 56.2% very good and 34.4% regular. The notification of adverse events is not present in the daily lives of professionals at this unit. This study showed a safety culture with the potential for improvement in almost all dimensions, thus representing a challenge for risk management, with a view to the development of patient safety in this service.

Descriptors: Patient Safety, Hemodialysis Hospital Units, Patient Care Team.

 

Cultura de seguridad del paciente en una unidad hospitalaria de hemodiálisis

Resumen: Analizar la cultura de seguridad del paciente de los profesionales del servicio de hemodiálisis. Estudio cuantitativo, descriptivo-exploratorio, realizado en un hospital universitario en 2019. Datos recopilados a través del cuestionario Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC) a 32 profesionales, disponible por correo electrónico e impreso. Los resultados mostraron mejores valoraciones en las dimensiones: trabajo en equipo y aprendizaje organizacional y mejora continua. Los aspectos con peores valoraciones fueron: traslados internos y cambio de turno y percepción general de seguridad del paciente. En cuanto a la valoración del grado de seguridad del paciente, el 9,4% la considera excelente, el 56,2% muy buena y el 34,4% regular. La notificación de eventos adversos no está presente en el cotidiano de los profesionales de esta unidad. Este estudio mostró una cultura de seguridad con potencial de mejora en casi todas las dimensiones, configurándose así un desafío para la gestión de riesgos, con miras al desarrollo de la seguridad del paciente en este servicio.

Descriptores: Seguridad del Paciente, Unidades de Hemodiálisis em Hospital, Grupo de Atención al Paciente.

Texto completo:

PDF

Referências

Bohrer CD, Marques LGS, Vasconcelos RO, Oliveira JLCO, Nicola AL. Comunicação e cultura de segurança do paciente no ambiente hospitalar: visão da equipe multiprofissional. Rev Enferm UFSM. 2016; 6(1):50-60.

Luiz RB, Simões ALA, Barichello E, Barbosa MH. Fatores associados ao clima de segurança do paciente em um hospital de ensino. Rev Latino Am Enferm. 2015; 23(5):880-887.

Badawy DA, Mowafi HS, Al-Mousa HH. Surveillance of dialysis events:12-Month experience at five outpatient adult hemodialysis centers in Kuwait. J Infect Public Health. 2014; 7(5):386-391.

Lessa SRO, Bezerra JNM, Barbosa SMC, Luz GOA, Borba AKOT. Prevalência e fatores associados para a ocorrência de eventos adversos no serviço de hemodiálise. Texto Contexto Enferm. 2018; 27(3):1-11.

Pereira MD, Sousa FS, Ferraz F. Segurança do paciente nas ações de enfermagem hospitalar: uma revisão integrativa de literatura. Criciúma: Rev Inova Saúde. 2014; 3(2):55-87.

Batalha EMSS, Melleiro MM. Cultura de segurança do paciente em um hospital de ensino: diferenças de percepção existentes nos diferentes cenários dessa instituição. Florianópolis: Texto Contexto Enferm. 2015; 24(2):432-441.

Tomazoni A, Rocha PK, Souza S, Anders JC, Malfussi HFC. Cultura de segurança do paciente em unidades de terapia intensiva neonatal: perspectivas da equipe de enfermagem e médica. Rev Latino Am Enferm. 2014; 22(5):756-763.

Costa DB, Ramos D, Gabriel CS, Bernardes A. Cultura de segurança do paciente: avaliação pelos profissionais de enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2018; 27(3):e2670016.

Santiago THR, Turrini RNT. Cultura e clima organizacional para segurança do paciente em Unidades de Terapia Intensiva. Rev Esc Enferm USP. 2015; 49(esp):123-130.

Minuzz AP, Salum NC, Locks MOH. Avaliação da cultura de segurança do paciente em terapia intensiva na perspectiva da equipe de saúde. Texto Contexto Enferm. 2016; 25(2):e1610015.

Andrade LEL, Lopes JM, Filho MCMS, Júnior RFV, Farias LPC, Santos CCM, et al. Cultura de segurança do paciente em três hospitais brasileiros com diferentes tipos de gestão. Ciência Saúde Coletiva. 2018; 23(1):161-172.

Fontes-Mota, GCH. A percepção dos profissionais de saúde sobre cultura de segurança do paciente em hospital universitário. São Paulo, Dissertação (Mestrado). Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo. 2018.

Lemos GC, Azevedo C, Bernardes MFVG, Ribeiro HCTC, Menezes AC, Mata LRF. A cultura de segurança do paciente no âmbito da enfermagem: reflexão teórica. Rev Enferm Centro-Oeste Mineiro. 2018; 8:e2600.

Novaretti MCZ, Santos EV, Quitério LM, Daud-Gallotti RM. Sobrecarga de trabalho da Enfermagem e incidentes e eventos adversos em pacientes internados em UTI. Rev Bras Enferm. 2014; 67(5):692-699.

Singer SJ, Vogus TJ. Reducing Hospital Errous: Interventions that Build Safety Culture. Annu Rev Public Health. 2013; 34:373-396.

Liu C, Liu W, Wang Y, Zhang Z, Wang P. Patient safety culture in Chine: a case study in na outpatient setting in Beijing. BMJ Qual Saf. 2014; 23(7):556-564.


Visualizações do PDF:

62 views


Visualizações do Resumo:

110 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud