O envelhecimento de mulheres religiosas (freiras): implicações para a enfermagem

Cleia do Nascimento Santos, Celia Pereira Caldas, Priscila Cristina da Silva Thiengo de Andrade, Mirian da Costa Lindolpho, Selma Petra Chaves Sá, Lucia Helena Garcia Penna

Resumo

Objetivo deste estudo foi investigar a percepção e o enfrentamento do processo de envelhecimento pela mulher religiosa consagrada. Método: pesquisa descritiva, qualitativa. Foram realizadas 32 entrevistas semiestruturadas e analisadas segundo a sistematização de conteúdo temático-categorial. Resultados: emergiram três categorias: 1) “envelhecimento”, que se desdobra em três subcategorias: a percepção do envelhecimento; a negação do processo de envelhecimento e o enfrentamento do processo de envelhecimento; 2) “vida religiosa”, que possui duas subcategorias: missão/ser religiosa e oração: a conexão com Deus; 3) “cuidado”, que se divide nas subcategorias: a realidade do cuidado e; como deveria ser o cuidado realizado. Conclusões: As mulheres religiosas consagradas necessitam de um cuidado humanístico e não apenas biomédico. Os profissionais que as atendem precisam respeitar suas histórias de vida e avaliar a possibilidade de continuidade de sua missão, adaptando sua vida de serviço à suas possibilidades funcionais e cognitivas.

Descritores: Envelhecimento, Mulher, Freira, Enfermagem.

 

The aging of religious women (nuns): implications for nursing

Abstract: The focus of this study was to investigate the perception and coping with the aging process by consecrated religious women. Method: descriptive, qualitative research. 32 semi-structured interviews were carried out and analyzed according to the systematization of thematic-categorical content. Results: Three categories emerged: 1) “aging”, which is divided into three subcategories: the perception of aging; the denial of the aging process and facing the aging process; 2) “religious life”, which has two subcategories: mission/being religious and prayer: the connection with God; 3) “care”, which is divided into the subcategories: the reality of care and; how care should be performed. Conclusions: Consecrated religious women need humanistic and not just biomedical care. The professionals who assist them need to respect their life stories and evaluate the possibility of continuing their mission, adapting their service life to their functional and cognitive possibilities.

Descriptors: Aging, Woman, Nun, Nursing.

 

El envejecimiento de las religiosas (monjas): implicaciones para la enfermería

Resumen: El objetivo de este estudio fue investigar la percepción y el enfrentamiento del proceso de envejecimiento por parte de las religiosas consagradas. Método: investigación descriptiva, cualitativa. Se realizaron 32 entrevistas semiestructuradas y se analizaron según la sistematización de contenido temático-categórico. Resultados: surgieron tres categorías: 1) “envejecimiento”, que se divide en tres subcategorías: la percepción del envejecimiento; la negación del proceso de envejecimiento y afrontar el proceso de envejecimiento; 2) “vida religiosa”, que tiene dos subcategorías: misión/ser religioso y oración: la conexión con Dios; 3) “cuidado”, que se divide en las subcategorías: la realidad del cuidado y; cómo se debe tener cuidado. Conclusiones: Las religiosas consagradas necesitan cuidados humanistas y no solo biomédicos. Los profesionales que les asisten deben respetar sus historias de vida y evaluar la posibilidad de continuar su misión, adaptando su vida útil a sus posibilidades funcionales y cognitivas.

Descriptores: Envejecimiento, Mujer, Monja, Enfermería.

Texto completo:

PDF

Referências

Censo 2018 dos Religiosos a nível internacional. Città del Vaticano [2018]. Disponível em: . Acesso em 10 ago 2020.

Conferência dos Religiosos do Brasil. Censo 2018 dos Religiosos a nível nacional. Disponível em: . Acesso em 10 out 2019.

D’Artagnan E. O processo de envelhecimento da Vida Religiosa Consagrada: um começo de conversa. Rev Convergência. 2012; XLVII(454): 571-584.

Martinelli M. Envelhecimento e vida vocacional: a repercussão da itinerância no processo de viver e envelhecer das idosas religiosas. Rio Grande do Sul. Dissertação [Mestrado em Ciências da Saúde e Ciências Biológicas]. Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Universidade de Passo Fundo. 2014.

Polit DF, Beck CT. Fundamentos da pesquisa em enfermagem: avaliação de evidências para a prática de enfermagem. 7ª ed. Porto Alegre: ArtMed. 2011.

Folstein MF, Folstein SE, Mchugh PR. Mini-Mental State: a practical method for grading the cognitive state of patients for clinician. Journal of Psychiatric Research. 1975; 12(3):189-198.

Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Ed. 70. 2016.

Oliveira DC. Análise de conteúdo temático-categorial: uma proposta de sistematização. Rev Enferm UERJ. 2008; 16(4):569-76.

Morais MFA. Envelhecer saudável: uma arte. In: Susin LC. (Org.) Vida religiosa consagrada em processo de transformação. São Paulo: Ed. Paulinas. 2015; 201-225.

Nogueira IS, Reis P dos, Marcon SS, Higarashi IH, Baldissera VDA. A identidade social do idoso na perspectiva de crianças. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2019; 22(5):e190185.

Ricoeur P. Vivo até a morte: seguido de fragmentos. 70. ed. Chicago: ed. Universidade de Chicago. 2010.

Veras MLM, Teixeira RS, Granja FBC, Batista MRFF. Processo de envelhecimento: um olhar do idoso. Rev Interd. 2015; 8(2):113-122.

Ribeiro MS, Borges MS, Araújo TCCF, Souza MCS. Estratégias de enfrentamento utilizadas pelos idosos em relação ao envelhecimento e à morte: uma revisão integrativa. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2017; 20(6):869-877.

Gomes SA, de Souza MCF, Vilar TNBM, Avelino VBCD, Tolstenko NL. O cuidado em enfermagem analisado segundo a essência do cuidado de Martin Heidegger. Rev Cubana Enferm. 2017; 33(3).

Kearns L. A teologia da vida consagrada. Aparecida: Ed. Santuário. 2011.

Concilio Ecumenico Vaticano II, Lumen Gentium, 12: cf. AA 3. Petrópolis: Vozes. 1966.

Oliveira JLM. Viver em comunidade para a missão - um chamado à vida religiosa consagrada. São Paulo: Paulus. 2013.

Blasdell ND. O Significado do Cuidado na Prática de Enfermagem. Int J Nurs Clin Pract. 4: 238. DOI: https://doi.org/10.15344/2394-4978/2017/238.


Visualizações do PDF:

45 views


Visualizações do Resumo:

53 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud