Assistência de enfermagem no fim da vida: relato de experiência

Anna Rebeka Oliveira Ferreira, Wanderson Rocha Oliveira, Claudia Regina Marchiori Antunes Araújo, Brenda Melissa Barros Mota dos Santos, Camila Wohlenberg Camparoto, Simone Fernandes Garcia

Resumo

Trata-se de um relato de experiência com o objetivo de descrever o processo de identificação e discussão das principais dificuldades vivenciadas durante a assistência ao paciente no fim da vida na Unidade de Terapia Intensiva. Este relato foi desenvolvido em um hospital do município de Maringá, com quatro enfermeiras, vinte e cinco técnicos de enfermagem e seis estagiários de enfermagem. Após o aprofundamento teórico, foi aplicado um questionário para a identificação das principais dificuldades da equipe na realização dos cuidados paliativos e realizado uma aula dialogada sobre o tema. Verificamos que os profissionais possuíam dúvidas principalmente sobre a classificação em cuidados paliativos, orientação a família e nutrição do paciente, o que possibilitou a padronização e classificação da assistência no setor. A aula contribuiu para que o profissional tivesse um maior embasamento na realização de uma assistência integral de qualidade para o paciente e família.

Descritores: Assistência no Fim da Vida, Cuidados de Enfermagem, Sistematização da Assistência.

 

Nursing care at the end of life: experience report

Abstract: This is an experience report with the aim of describing process of identification and discussion of the main occurrences experienced during patient care at the end of life in the Intensive Care Unit. This report was developed in a hospital in the city of Maringá, with four nurses, twenty-five nursing technicians and six nursing interns. After the theoretical deepening, a questionnaire was applied to identify the main difficulties of the team in carrying out palliative care and a lecture on the topic was held. We verified that the professionals had doubts about the classification in palliative care, family orientation and patient nutrition, what made possible the to standardize and classify assistance in the sector. The class contributes so that the professional has a greater basis in carrying to provide better quality comprehensive care for patient and family.

Descriptors: End of Life Assistance, Nursing Care, Assistance Systematization.

 

Apoyo de la enfermería al final de la vida: informe de experiencia

Resumen: Este es un informe de experiencia con el objetivo de describir el proceso de identificación y discusión de las principales dificultades experimentadas durante la atención pacientes que se encuentran en la fase final de su vida en la Unidad de Terapia Intensiva. Este informe fue desarrollado en un hospital de la ciudad de Maringá, con cuatro enfermeras, veinticinco técnicos de enfermería y seis pasantes de enfermería. Después de profundización teórica, se aplicó un cuestionario para identificar las principales dificultades del equipo en la realización de cuidados paliativos, y se realizó una clase dialogada sobre el tema. Comprobamos que los profesionales tenían dudas principalmente sobre la clasificación en cuidados paliativos, orientación a la familia y nutrición del paciente, lo que hizo posible lestandarizar y clasificar la asistencia el sector. El aula contribuyó para que el profesional tuviera una mayor base en la realización de una atención integral de mejor calidad para el paciente y familia.

Descriptores: Asistencia al Final de la Vida, Cuidado de Enfermería, Sistematización de la Asistencia.

Texto completo:

PDF

Referências

Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Estimativa 2018: incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA. 2018.

Panis C, et al. Revisão crítica da mortalidade por câncer usando registros hospitalares e anos potenciais de vida perdidos. Revista do Hospital Albert Einstein. 2018; 16(1):1-7.

World Health Organization. WHO definition of palliative care. Geneva; World Health Organization. 2010 Disponível em: . Acesso em 15 fev 2019.

Georgia AMC. Os cuidados paliativos no Brasil. Rev Bras Cuidados Paliativos. 2008; 1(1):5-8.

Academia Nacional de Cuidados Paliativos. Manual de cuidados paliativos. 1 ed. Rio de Janeiro: Diagraphic. 2009.

Rodrigues IG. Cuidados paliativos: análise de conceito. São Paulo. Dissertação [Mestrado em Enfermagem] - Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. 2004.

Pessini L, Bertachini L. Humanização e cuidados paliativos. 3 ed. São Paulo: Loyola. 2004.

Chiu TY, Hu WY, Chuang RB, Chen CY. Nutrition and hydration for terminal cancer patients in Taiwan. Rev Sup Care Cancer. 2002; 10(8):630-636.

Fernándes CR. Nutrición en el paciente terminal. Punto de vista ético. Rev Nutrição Hospitalar. 2005; 20(2):88-92.

Corrêa PH, Shibuya E. Administração da terapia nutricional em cuidados paliativos. Rev Bras Cancerologia. 2007; 53(3):317-323.

Marinho LAG. A Gestão da dor em cuidados paliativos: saberes e práticas dos enfermeiros. Portugal. Dissertação [Mestrado em Cuidados Paliativos] - Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Portugal. 2013.

Benites AC, Neme CMB, Santos MA. Significados da espiritualidade para pacientes com câncer em cuidados paliativos. Estudos de Psicologia. 2017; 34(2):269-279.

Coordenação Institucional de Reinaldo Ayer de Oliveira. Cuidado Paliativo. São Paulo: Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo. 2008.

Fonseca A, Geovanini F. Cuidados paliativos na formação do profissional da área de saúde. Rev Bras Educ Médica. 2013; 37(1):120-125.

Ribeiro SZ, et al. Custos e qualidade de vida de pacientes em cuidados paliativos. Rev Enferm UFPE. 2018; 12(6):1688-1695.


Visualizações do PDF:

60 views


Visualizações do Resumo:

120 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud